Como tirar cheiros desagradáveis do carro

Representante de concessionária alerta: carro fedido é prejuízo para o dono na hora de vender

Geral
8609821

Em uma curva, o amigo já mais para lá do que para cá vira a cerveja em cima do banco. “Esse cheiro não vai sair nunca”, diz o outro camarada, tentando secar o líquido. “Será que o cheiro não sai mesmo?”, você pensa, tentando fazer a próxima curva com mais cuidado. A dica de Ranata Lisch, proprietária da Jet Point Lavagens, é limpar a sujeira sempre na hora, da forma que melhor for possível, para evitar que o odor fique.


O ideal é secar o excesso e depois limpar com um pano ou uma escova úmida. “Uma escova macia, para não desgastar o tecido”, completa ela. A limpeza pode ser feita só com água ou usando-se sabonete comum. Após aplicar o produto, deve-se passar um pano seco. “É importante secar o local logo em seguida, ou deixando o carro no sol ou usando um secador de cabelo, por exemplo”, completa o supervisor de seminovos da Panambra, Luiz Alberto Ithouhald. Ele alerta que não adianta lavar e sair usando o veículo, pois a umidade no estofado acaba gerando cheiro de mofo.

























A sugestão de deixar o carro no sol, para Renata, serve para qualquer ocasião, mesmo que não tenha nada sujo, como forma de ventilar e evitar odores no veículo. Segundo Ithouhald, deixar carro sujo ou fedido é uma desvantagem na hora de passá-lo adiante, pois a concessionária ou a revendedora precisará fazer a limpeza antes de colocar o veículo na vitrine. “E a higienização é como se fosse um reparo: se a empresa tem custo, ela desconta do valor final pago ao dono”, diz, estimando peço da lavagem em R$ 150 a R$ 200. As cifras de Renata ficam em média entre R$ 80 e R$ 120, dependendo do que será lavado – estofados, tapetes, etc.


Tapetes
Os tapetes, para a proprietária da empresa de lavagens, merecem atenção principalmente em tempo chuvoso, para prevenir cheiros desagradáveis. Ela explica que embaixo do tapete é um local que costuma ficar úmido, e sugere que seja colocada uma folha de jornal para absorver a água. “O bom é trocar o papel todos os dias”, continua. Já Ithouhald desaconselha o procedimento, afirmando que o jornal úmido vai deixar um outro cheiro – também ruim – no veículo.


Como tirar cheiros ruins do carro























O supervisor de seminovos sugere passar aspirador embaixo do tapete, além de verificar o feltro que se encontra no local. “Se estiver molhado, o indicado é tirar e deixar secando no sol”, diz. Por causa da secagem, aliás, Renata complementa: “não é recomendável lavar nada, em casa ou em lojas especializadas, durante dias chuvosos”.


Bancos de couro
Renata diz que é possível usar desinfetante multiuso diluído em água ou produtos de limpeza específicos para couro. O procedimento é o mesmo: pano úmido para limpeza, pano seco para tirar o excesso de umidade. A diferença é que é necessário hidratar o material após a lavagem. Ela sugere usar um hidratante corporal, “que é até melhor que os produtos próprios para o couro”.


Ar-condicionado
Ithouhald afirma que a higienização do ar-condicionado é a primeira ação que precisa fazer quando recebe um carro usado, antes de colocá-lo à venda, para tirar o cheiro ruim. “Existem produtos no mercado que são colocados no filtro para limpá-lo, uma vez que é a poeira qu…





Como tirar cheiros desagradáveis do carro

Representante de concessionária alerta: carro fedido é prejuízo para o dono na hora de vender

Geral
8609821

(mais…)